Saúde Feminina

Voltar

Onco-ginecologia

Tratamento cirúrgico dos cânceres ginecológicos (colo uterino, corpo uterino, ovários, trompas, vagina e vulva). Orientações preventivas. Seguimento oncológico de pacientes já tratadas.

Perguntas e Respostas

Existe alguma medida protetora contra o câncer de ovário?

Existe. Até o presente momento, o uso prolongado de pílula anticoncepcional parece ser uma boa medida protetora contra o desenvolvimento deste tumor na população geral. Em pacientes de alto risco, recomenda-se a ooforectomia (retirada dos ovários), para diminuir o risco.

Quais os fatores de risco para o câncer de endométrio/corpo uterino?

O principal fator de risco para o câncer de endométrio/corpo uterino é a obesidade/sobrepeso, que faz com que o endométrio (tecido que reveste internamente o útero) fique exposto por um tempo prolongado ao estrogênio produzido pelas células gordurosas. Este, por sua vez, exerce um efeito proliferativo sobre as células endometriais. Outras formas de exposição prolongada ao estrogênio, sem a oposição da progesterona, também são fatores de risco para o câncer do endométrio.

A vacina contra o HPV é eficiente?

Sim, estudos recentes demonstram que, após tomadas as 3 doses, houve uma redução em torno de 60% das displasias acentuadas do colo uterino (lesões precursoras de câncer de colo, causadas por HPV).

Todas as mulheres que têm HPV estão com risco aumentado para o desenvolvimento de um câncer de colo uterino?

Não. Existem diversos tipos de HPV, somente alguns deles são verdadeiramente oncogênicos, e poderiam representar um risco. Os outros podem causar verrugas ou, em boa parte das vezes, permanecerem assintomáticos.

Agendar Consulta

Para agendar sua consulta preencha o formulário abaixo que entramos em contato: